ACLEP NEWS

article thumbnailEle está de volta
      Ele voltou. A Rádio Liberal voltou à programação normal e localdeixando para trás a CBN. Nesta volta a emissora dosMaiorana buscou quase todo o pessoal que nela...

ESPORTES NEWS

article thumbnaiÉ hora de pensar na Copa Verde
Enquanto o ex-treinador do Paysandu, Mazola Júnior, utilizava a expressão “trocar o chip”, referindo-se às partidas por torneios diferentes, o novo...
.................................................................Nova Edição.................................................................
Banner
Imprimir
PDF
20
Mar

Leão pronto para embalar

Zé Teodoro acredita na qualidade do Remo e pede que a torcida vá em peso ao jogo de amanhã

Vitória contra o líder do Grupo A2 e o primeiro triunfo jogando longe de seus domínios no Campeonato Paraense. A “noite perfeita” do Remo na quarta-feira passada, no Parque do Bacurau, encheu os jogadores de confiança para o restante da competição estadual. O Leão Azul ainda não havia vencido fora de casa neste Parazão. Se perdesse para o Cametá, o time azulino não só correria o risco de deixar a ponta da tabela de classificação do Grupo A1 como também passaria a flertar perigosamente com o rebaixamento.

Por isso, o técnico Zé Teodoro fez questão de ressaltar mais uma vez a força de vontade e determinação de seus jogadores. Segundo ele, o time azulino fez um bom primeiro tempo, quando teve três chances claras de gol que acabaram desperdiçadas. Já na etapa final, quando foi dominado pelo Cametá e correu sérios riscos de sofrer o primeiro gol, o Remo teve personalidade para segurar a pressão e buscar o resultado nos últimos minutos.

“A gente tinha que ter buscado esse resultado ainda no primeiro tempo. Era isso que esperávamos, pois tínhamos entrado em campo para vencer. Nós sabíamos a dificuldade de jogar aqui (no Parque do Bacurau). Todo mundo vai encontrar essa dificuldade, mas conseguimos os três pontos, que são preciosos e vão nos dar uma confiança muito grande daqui para frente. Já iniciou a reação pelo jogo passado”, analisou o treinador.

Para reforçar a volta do bom momento, o Remo terá em teoria um duelo fácil para embalar de vez no Parazão, pois enfrentará em casa o Gavião Kyikatejê, que é o vice-lanterna da competição, na próxima quinta-feira. Antes, porém, o time azulino terá um compromisso decisivo pela Copa Verde. Amanhã, às 16 horas, no Mangueirão, recebe o Princesa do Solimões-AM, pela partida de volta das quartas de final da competição regional. Como venceu o jogo de ida por 2 a 1, o Leão agora pode até perder por 1 a 0 que ainda assim estará classificado.

Prevendo confrontos complicados tanto amanhã quanto na semana que vem, Zé Teodoro não espera contar apenas com o poder de reação de sua equipe. Ele também enalteceu o fato de poder voltar a jogar perto da torcida azulina. Por isso mesmo, aproveitou as entrevistas após a partida em Cametá para convocar o Fenômeno Azul com vistas ao duelo deste sábado.

“Esperamos que essa reação continue no decorrer dos próximos jogos. Vamos pensar na Copa Verde e em uma vitória contra o Gavião. Queremos poder pedir, convocar o torcedor para comparecer e lotar o estádio na quinta-feira (diante do Gavião)”, ressaltou.

Técnico do Princesa do Solimões-AM deve manter a equipe

O técnico Zé Marco não deve fazer alterações no Princesa do Solimões para a partida de amanha contra o Remo, às 16 horas, no Mangueirão. A tendência é de que o time que empatou por 2 a 2 com o Figueirense-SC, anteontem, pela Copa do Brasil, seja repetido. “A ideia é essa, para que possamos ganhar na qualidade coletiva. Todo treinador quer essa continuidade. Em cima dessa formação trabalhamos para evoluir para termos uma melhor qualidade de jogo”, disse o treinador amazonense.

Assim, o Princesa deve entrar em campo neste sábado, no esquema 4-3-3, com: Rascifran; Lei, Gilson, Deurick, e Jaime; Amaral, Douglas e Delcinei; Edinho Canutama, Sandro Goiano e Léo Paraíba. E espera conseguir uma vitória por dois gols de diferença sobre o Remo, já que perdeu o jogo de ida por 2 a 1, em Manaus.

Na estreia da Copa do Brasil, o time amazonense esteve muito perto de ser eliminado jogando em casa, já que chegou a estar perdendo o jogo por 2 a 0 ainda no primeiro tempo. Mas reagiu na segunda etapa e conseguiu igualar o placar, garantindo a realização da partida de volta, no dia 1º de abril, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

O Figueira abriu vantagem na etapa inicial, após os gols de Fabinho, aos 34, e Marquinhos, aos 36 minutos. Porém, na volta do intervalo, o Tubarão, como é conhecido o time do Amazonas, reagiu e conseguiu o empate no estádio Ismael Benigno (Colina), em Manaus. Os gols da casa foram marcados por Léo Paraíba, de pênalti, aos sete, e Gilson, aos 30.

Fonte: Amazônia Jornal
Banner
Banner
Banner

Fale Conosco

ACLEP
BR-316 Km 05
Alameda Vita Maués s/n
Bairro: Levilâdia - Ananindeua.
CEP: 67.015-650
Fone: (91) 3245-0603
Email: aclep@aclep.com.br