ACLEP NEWS

article thumbnailEle está de volta
      Ele voltou. A Rádio Liberal voltou à programação normal e localdeixando para trás a CBN. Nesta volta a emissora dosMaiorana buscou quase todo o pessoal que nela...

ESPORTES NEWS

article thumbnaiYago vira a alma bicolor
Um golaço após um chute da intermediária. Depois, uma arrancada, troca de passes e um cruzamento preciso. Foi assim que o lateral direito Yago Pikachu...
.................................................................Nova Edição.................................................................
Banner
Imprimir
PDF
07
Abr

Leão azul tem baixas sérias

Eduardo Ramos (à esquerda) foi substituído no primeiro tempo do clássico e deve ser desfalque


Além da derrota por 2 a 0 diante do Paysandu, que deixou mais difícil a classificação do Remo para a final da Copa Verde 2015, a partida teve um outro saldo ruim para o time comandado pelo técnico Cacaio. O lateral esquerdo Jadílson e o meia Eduardo Ramos saíram de campo lesionados e estão fora do jogo decisivo do próximo domingo, contra o Paragominas, pelo Campeonato Paraense. O zagueiro Ciro Sena, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, também desfalcará o Leão Azul.

Ontem à tarde, Eduardo Ramos e Jadílson foram submetidos a uma ressonância magnética e o laudo médico confirmou as lesões. O meia precisou deixar o gramado ainda na primeira etapa do Re x Pa e o lateral jogou grande parte da partida sentido dor na perna esquerda.

Os dois sofreram o mesmo tipo de lesão. Um estiramento grau um na musculatura posterior da coxa esquerda. A dupla iniciou os trabalhos de fisioterapia e a expectativa é de que eles fiquem fora da equipe por cerca de dez dias, com a volta estipulada para o clássico contra o Paysandu, no dia 18, pela partida de volta das semifinais da Copa Verde.

“Eduardo Ramos e Jadílson estão com um estiramento grau um no posterior da coxa esquerda. O tempo de recuperação é entre sete e dez dias. Vamos intensificar o tratamento nesses dois jogadores para saber como eles vão reagir”, explicou Ricardo Ribeiro, diretor do departamento médico do clube.

Já o volante Dadá, que vinha atuando improvisado na lateral direita, reclamou de fortes dores musculares durante o segundo tempo do clássico, mas ainda tem chances de se recuperar a tempo. O jogador sofreu uma contratura na parte anterior da coxa esquerda, mas ainda não se trata de uma lesão.

“Dadá teve apenas uma contratura muscular. Dos três que sentiram (as lesões), Dadá é o mais cotado para jogar no domingo. Vamos iniciar o tratamento com ele também e esperamos recuperá-lo até o jogo diante do Paragominas”, complementou Ribeiro.

Recuperado - Uma boa notícia foi a recuperação do zagueiro Max, que ontem à tarde participou de um treino físico junto com outros jogadores que estão voltando de contusão. O defensor estava afastado dos trabalhos há quase um mês, em virtude de uma lesão na terceira vértebra lombar. Agora, segundo Ricardo Ribeiro, ele só precisa recuperar o condicionamento físico para pode entrar em campo no final de semana.

CBF anuncia antecipação de jogo do remo

O jogo de volta das semifinais da Copa Verde está confirmado para o próximo dia 18, às 16 horas, no Mangueirão. Ontem, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou a antecipação da partida de volta entre Remo e Atlético-PR, válida pela primeira fase Copa do Brasil, do dia 16 para o dia 15, às 19h30, na Arena da Baixada, em Curitiba. Com isso, o Leão Azul cumprirá o tempo mínimo entre duas partidas previsto no Regulamento Geral das Competições da entidade, que é de 66 horas.

A derrota por 2 a 0 diante do Paysandu na primeira partida das semifinais da competição regional não foi o resultado que torcedores e jogadores esperavam. Agora, o time azulino precisa vencer o jogo de volta por três gols de vantagem ou por dois gols para levar a decisão para os pênaltis. Uma missão complicada, com certeza, mas plenamente possível na opinião do meia-atacante Ratinho.

“Tomamos um gol de bola parada e tentamos reverter, mas não deu. Vamos jogar com raça e vontade, só que cada jogador tem que assimilar o que fez dentro de campo e trabalhar mais”, comentou o jogador.

Ratinho, que voltou a ser titular do Remo após a chegada do técnico Cacaio, também ressaltou que o time azulino encontrou dificuldades porque o Paysandu marcou o primeiro gol antes dos 20 minutos do primeiro tempo e pôde jogar o restante da partida só explorando os contra-ataques.

“Não achei que o nosso time jogou mal, não. Alguns detalhes que erramos no meio de campo, o fato de sairmos atrás no marcador foi ruim. Tivemos chances no começo da partida. Se a gente marca com certeza seria outro jogo. A torcida ia estar mais ao nosso lado ainda. Sabemos que levar um gol no começo é ruim, mas o time tentou, buscou com garra até o final”, ressaltou.

Atacante Mateus Carioca deve estrear em partida importante

Ao que tudo indica, o meia-atacante Mateus Carioca enfim fará a sua estreia com a camisa do Remo no próximo domingo. O jogador deve atuar na partida contra o Paragominas, fora de casa, na vaga de Eduardo Ramos, que está vetado pelo departamento médico do clube. O técnico Cacaio, que deve comandar um treinamento coletivo amanhã à tarde, no Baenão, pretende testar o jogador na equipe titular desde o início da atividade.

Contratado durante o intervalo entre o primeiro e o segundo turno do Parazão, Mateus Carioca teve uma lesão na coxa direita que acabou impedindo o seu aproveitamento pelo técnico Zé Teodoro. Recuperado desde a semana passada, chegou a ficar no banco de reservas durante o Re x Pa válido pela quarta rodada da fase de grupos da Taça Estado do Pará, mas não foi utilizado.

Já no clássico de anteontem, pela Copa Verde, e no empate por 1 a 1 com o Atlético-PR, na semana passada, pela Copa do Brasil, ele não pôde ser utilizado por não estar inscrito nas duas competições. Mas pode jogar pelo Campeonato Paraense.

Além da entrada de Mateus, Cacaio deve promover também o retorno do zagueiro Max ao time titular. O capitão entra na equipe no lugar de Ciro Sena, que está suspenso pelo terceiro cartão amarelo.  Já o lateral esquerdo Alex Ruan, recuperado de entorse no joelho direito, deve ser o substituto de Jadílson, que está fora por contusão. Outro que deve ganhar uma nova chance como titular é Levy, que havia perdido a vaga entre os titulares em virtude das fracas atuações nos últimos jogos.

Portanto, o time do Remo deve treinar amanhã com Fabiano; Levy, Igor João, Max e Alex Ruan; Alberto, Ilaílson, Ratinho e Mateus Carioca; Val Barreto e Rony. Essa, aliás, é a formação mais provável para iniciar o confronto do final de semana.

Fundamental - A partida, que ocorre na Arena Verde, é válida pela última rodada da fase de grupos da Taça Estado do Pará e é fundamental para as pretensões azulinas na competição. Atualmente, o Remo está na segunda posição do Grupo A com sete pontos ganhos.

Com a mesma pontuação, o São Francisco lidera a chave por levar vantagem no saldo de gols, enquanto que o Independente vem em terceiro com seis pontos. Somente os dois primeiros colocados de cada grupo garantem vaga nas semifinais. Vale lembrar que se o time azulino for eliminado, não poderá disputar a Série D do Brasileiro e terá que passar o resto do ano parado.


Banner
Banner
Banner

Fale Conosco

ACLEP
BR-316 Km 05
Alameda Vita Maués s/n
Bairro: Levilâdia - Ananindeua.
CEP: 67.015-650
Fone: (91) 3245-0603
Email: aclep@aclep.com.br